Cirurgia (extração de dente do siso)


O dente do siso, também conhecido como terceiro molar ou dente do juízo nasce geralmente entre os 17 e 20 anos de idade, porém não é incomum que o dente do siso irrompa depois dos 20 anos. Há quatro dentes do siso, localizados na região mais posterior da arcada dentária, sendo dois superiores e dois inferiores.

Quando o dente do siso nasce parcialmente, pode ocorrer uma infecção chamada de pericoronarite, que causa inflamação da gengiva, abscesso na região e dor. Em algumas pessoas os dentes do siso não erupcionam. Isso pode ser provocado pela falta de espaço na arcada dentária ou em alguns casos, a pessoa não possui o germe dental do dente do siso e desta forma não ocorrerá seu aparecimento na boca.

Caso não haja a erupção do dente do siso, esse pode causar reabsorção das raízes dos dentes vizinhos, transtornos dolorosos e possíveis degenerações tumorais e císticas.

É recomendada a extração quando houver falta de espaço para a erupção total do dente do siso, em casos de dor (infecção), formações císticas, indicação ortodôntica ou cárie extensa.

Existem muitos relatos de cirurgias de remoção do siso muito demoradas ou dolorosas. Nos dias de hoje, existem técnicas que simplificam muito esse procedimento, o que minimiza o trauma cirúrgico e as complicações pós-operatórias.









   
2019 - Cuesta Odonto - Clínica Odontológica